O que o abraço do elenco a Luís Castro ensina no Botafogo

82 comentários

Blog do Mansell

Blog do Mansell

Compartilhe

Gol de Kayque em Botafogo x São Paulo | Campeonato Brasileiro 2022
Reprodução/Premiere

Após o gol de Kayque uma coisa me chamou muita atenção. O abraço dos jogadores a Luís Castro foi algo que saltou aos olhos de quem acompanhava a partida. Inclusive o autor do gol fez questão de comemorar com o comandante. Isso ensina muita coisa em relação ao atual momento do Glorioso.

Na semana passada escrevi que Castro contava com total respaldo do elenco. Tinha colhido informações com fontes ligadas a três jogadores do plantel. Inclusive os reservas demonstram muito respeito pelo comandante.

MAIS! E quem cobra quem invadiu o Botafogo?

Nos gestos com o elenco Castro mostra transparência e valoriza todos. Inclusive os líderes. Já chegou a pedir para Joel Carli se concentrar mesmo em uma situação que não poderia entrar em campo apenas para mostrar a importância do momento de reconstrução do Botafogo e valorizar suas lideranças internas.

Paciência vai ditar ritmo da reconstrução

Castro tem respaldo do elenco. Foto: Vitor Silva/Botafogo.

As críticas ao treinador eram justas por conta do esquema. Mas pedir a sua cabeça em um momento de reconstrução era um grande exagero. Uma hora ele iria ter mais noção do grupo que tem em mãos.

MAIS! Janela vai definir rumo do Botafogo na temporada

O Botafogo vive um momento de transição e é natural que todos fiquem impacientes. Se irritem em alguns erros. Cobrem melhores. Acreditem que não há muito a fazer. Mas é a paciência da torcida que vai ditar o ritmo dessa reconstrução. O abraço do elenco a Luís Castro mostra isso.

Notícias relacionadas