Reforços: assunto que não acaba neste novo Botafogo

57 comentários

Blog do Mansell

Blog do Mansell

Compartilhe

Reforços: assunto que não acaba neste novo Botafogo
Vitor Silva/Botafogo

O Botafogo foi um dos times que mais contratou na última janela, aquela que John Textor teve que trabalhar rapidamente porque a CBF decidiu dar um prazo ridículo para os clubes se movimentarem no mercado. Pois bem. Mal acabou aquele período e o noticiário do Glorioso já gira em torno das contratações para a próxima janela. Algo natural. A contratação de reforços é um assunto que não vai acabar nunca mais neste novo Botafogo.

Falo isso porque a forma de pensar elenco e contratações mudou no Botafogo. Hoje o clube se assemelha ao modelo europeu. Se formos analisar o noticiário no Velho Continente, teremos a clareza disso. Lá mal se fecha uma janela e grandes clubes já começam a projetar a próxima. E isso sem gerar interferência no trabalho do técnico e dos jogadores.

Pensar dentro de um planejamento

Luis Castro terá boas opções à disposição Foto: Vitor Silva/Botafogo

O Real Madrid é um exemplo disso. Campeão espanhol e na final da Champions League. Mas todos os jogadores que estão lá convivem com informações sobre a chegada de Mbappé, ou no interesse em Haaland, que não vingou no clube. Além disso jogadores do próprio elenco já projetam novos clubes, como Hazard e até Marcelo, que pode acabar ficando mais um ano. Entretanto, que que passou a maior parte dos últimos meses falando em tom de despedida.

O noticiário sobre Haaland e Mbappé não impediu Benzema de fazer a temporada que está fazendo. Se bobear, serviu de combustível. O Real Madrid não é único. Vários clubes europeus, quase todos, pensam na janela seguinte logo após se fechar a anterior. Isso se chama planejamento e organização. Verificação de oportunidades. Assim que pensa o Botafogo. Assim que os profissionais do clube precisam pensar.

Notícias relacionadas