Luís Castro acerta no esquema e ‘descobre’ dois titulares no Botafogo

146 comentários

Blog do Mansell

Blog do Mansell

Compartilhe

Gol de Kayque em Botafogo x São Paulo | Campeonato Brasileiro 2022
Reprodução/Premiere

O Botafogo reencontrou o caminho das vitórias diante do São Paulo nesta quinta-feira (16/6). Foi sofrido, com um Glorioso cheio de desfalques. Mas muitas coisas importantes podemos tirar deste triunfo. A primeira delas é que Luís Castro conseguiu encontrar um bom esquema para este momento do time. Entendeu as limitações do elenco e optou por um 3-5-2 que se mostrou muito eficiente. Além disso aproveitando as características dos atletas.

Com o 3-5-2 Castro consegue usar como pilar a posição em que o elenco conta com mais opções de qualidade, a zaga. Víctor Cuesta, Joel Carli e Kanu formam um trio defensivo capaz de fazer qualquer ataque pensar duas vezes antes de se engraçar. Também existem boas peças de reposição no setor. Além disso, com laterais ofensivos como Saravia e Hugo, o treinador consegue fazer o Alvinegro se defender e atacar normalmente com vantagem numérica.

MAIS! E quem cobra quem invadiu o Botafogo?

MAIS! Castro x críticos, todos devem ceder para o bem do Botafogo

O esquema pode ainda dar mais certo com algumas peças de mais qualidade. Um exemplo é Piazon, que ainda não conseguiu entregar o que todos querem ver. Mesmo tendo melhorado no segundo tempo e participado da jogada do gol, poderia ter ajudado mais.

Botafogo ganha dois titulares

Joel Carli e Calleri em Botafogo x São Paulo | Campeonato Brasileiro 2022
Joel Carli é pura liderança no Botafogo (Foto: Reprodução/Premiere)

Outro ponto importante do jogo foi a descoberta de dois titulares. Joel Carli e Kayque mudaram a forma do time se comportar em campo e conseguiram contagiar os demais. O argentino é um especialista em organizar a defesa alvinegra. Basta visitarmos temporadas anteriores e perceberemos o time com ou sem ele e notaremos a diferença. Nesse esquema em que não fica tão exposto, se torna ainda mais importante.

MAIS! Castro tem total respaldo do elenco

Já Kayque chamou para si a responsabilidade. Foi mais eficiente na criação do que Patrcik de Paula e Piazon, não deixou a desejar na marcação e ainda chegou para decidir na frente. Um monstro. Uma vitória que dá ânimo para o futuro.

Notícias relacionadas