O futebol do Botafogo completa 115 anos nesta segunda-feira. Dizem que quando fazemos aniversários é o melhor momento para analisarmos o passado, projetarmos o futuro e melhorarmos o presente. Este ano o aniversário do Glorioso chega em um momento de esperança. Os torcedores, revigorados pelo estudo feito pelos irmãos Moreira Salles, sentem, assim como aqueles que fazem a cobertura do clube, que tem algo bom por vir.

O Botafogo respira novos ares. A mudança vem de fora para dentro, como já era de se esperar. A provocação partiu de pessoas realmente interessadas em fazer o Botafogo escrever mais histórias bonitas, construindo um futuro ainda mais brilhante do que foi o seu passado. Pessoas capazes de fazer alguns dos atuais dirigentes se mexerem para abrir caminho para esta mudança.

O Botafogo que escolhe seus torcedores

Esse sentimento de que algo bom está por vir é diferente no Botafogo. Neste clube a torcida sabe comemorar não apenas um gol ou uma jogada bonita. Não comemora somente a chegada de um ídolo, até porque, apesar da seca recente, a sua história é recheada deles.

No Botafogo a torcida discute muito mais. Basta dar uma passeada nos comentários do FOGÃONET para verificarmos que os torcedores comemoram cada vitória administrativa, cada solução encontrada, cada passo bem dado rumo ao futuro. Discute soluções para o clube que vão muito além de contratar um meia ou um atacante.

Isso faz o torcedor do Botafogo diferente. Como dizem, os torcedores não escolhem o Botafogo como acontece com outros clubes. O Botafogo é que escolhe seus torcedores. Estou convencido disso.

Por isso, neste aniversário de 115 anos, esperamos que o clima de mudança continue forte e abrindo caminho para o sucesso. Parabéns Botafogo! Parabéns, botafoguense!

LEIA TAMBÉM:

Preocupação de ilustres é manter Botafogo longe do risco de rebaixamento
Botafogo se junta a influenciadores digitais para fortalecer sócio-torcedor
Botafogo é um herói no Campeonato Brasileiro
Botafogo: falta de negociações na janela gera desespero
No Botafogo de Mufarrej até o certo é feito de forma errada
Mendonça deveria servir de exemplo para Mufarrej
Até que ponto o elenco do Botafogo está certo no protesto contra o atraso nos salários?
Renovações de contratos: Botafogo prioriza Pimpão e Cavalieri. Gilson e Alan Santos em análise
Moreira Salles no Botafogo: clube já viveu épocas douradas