Jefferson volta ao Botafogo neste sábado contra o Flamengo no Niltão. Será relacionado pela primeira vez desde que sofreu uma lesão na cartilagem da tireoide. Curiosamente, foi justamente diante do Urubu que o problema aconteceu, em julho deste ano, no primeiro turno. O retorno dele é algo a se comemorar. Sei que muitos vão dizer que ele não é o mesmo de antes, que falhou em algumas situações recentes e que ganha um salário alto. Porém, estamos perto de sua aposentadoria e é um jogador para ser reverenciado pelo que fez pelo clube.

Faltou a Jefferson um título nacional ou continental. Algo que outros conseguiram, como Wagner, porém, desde 2009, quando retornou ao clube, ele sempre honrou a gloriosa camisa alvinegra.

Jefferson acabou com um período de incertezas no gol botafoguense, que vinha sofrendo com peças como Max, Marcos Leandro e Castillo, por exemplo. Foi determinante na conquista do Carioca de 2010, agarrando o pênalti de Adriano e fazendo grandes defesas. Jefferson também brilhou em 2013 e na conquista do Estadual deste ano, diante do Flamengo. Abrindo caminho para Gatito Fernández poder decidir na grande final.

Jefferson deve ter o retorno comemorado

Além disso, Jefferson sempre defendeu o clube e procurou passar equilíbrio aos jogadores. Jogou junto, como quando perdeu a vaga para Gatito. No rebaixamento, em 2014, teria mercado para sair. Como muitos teriam feito naquela ocasião, ainda mais por que brigava pelo posto de titular da Seleção Brasileira. Mas ficou e ajudou no acesso.

Agora a sua trajetória está perto do fim. E seu retorno é algo a ser comemorado. Que ele possa ajudar nesta reta final.

LEIA TAMBÉM:
CEP ou Mufarrej? deixo a escolha para depois
Vamos falar de arbitragem?
O preço da indefinição: Botafogo já compromete 2019
Botafogo pode precisar repetir 2012
Botafogo: Faltam quatro pontos e o Paraná
Botafogo x Roger: Atacante perdeu chance de ficar calado
Botafogo não pode ceder Caio Alexandre de graça
Botafogo x Flamengo: 1999 serve de inspiração