O Botafogo deve ter um timaço e com certeza vai brigar pelo título do Brasileirão com o Palmeiras. Opa, estou equivocado. O time tem 41 pontos e ainda corre risco de rebaixamento. Então pelo menos deve ter muito dinheiro em caixa para investir para o próximo ano. Não é verdade. Até os pagamentos dos salários ficaram comprometidos. Mas mesmo assim o clube parece não ter a menor paciência com seus jovens e com atletas com bom potencial.

Não me lembro de oportunidades para Renan Gorne. Lucas Campos também nunca teve sequência. Leandro Carvalho não se adaptou mesmo sem ter tido adaptação. Nenhum desses nomes contou até agora com paciência dos treinadores e da diretoria do Botafogo.

Mas o importante é ter paciência com o Brenner, mesmo ele perdendo os gols que perdeu na Sul-Americana e no Campeonato Brasileiro. Não podemos nos precipitar com o Dudu Cearense. O garoto tem potencial e no futuro vai brilhar com a camisa do Botafogo. Talvez no time de masters.

Renan Gorne é o caso que mais chama a atenção no Botafogo

O caso que mais me chama a atenção é o de Renan Gorne. O jogador era tratado na base como uma joia, rodou alguns clubes, mas no Botafogo a sua hora nunca chega. Agora ele vai disputar o Campeonato Carioca muito provavelmente pelo Volta Redonda. Explicável. Provavelmente a diretoria vai tirar da cartola um Ibrahimovic para o comando do ataque em 2019.

O Botafogo pode não ser mais uma fábrica de craques como era na década de 60, onde algumas sementes de arroz em General Severiano rendiam pelo menos uns 5 craques. Mas sem dar oportunidade a jogadores da base e com potencial mesmo sem serem crias do clube, como Leandro Carvalho, a situação só piora. E agora Anderson Barros? Explica aí os motivos dos garotos não servirem… O torcedor vai adorar saber e é sua obrigação explicar.

LEIA TAMBÉM:
CEP ou Mufarrej? deixo a escolha para depois
Vamos falar de arbitragem?
O preço da indefinição: Botafogo já compromete 2019
Botafogo pode precisar repetir 2012
Botafogo x Roger: Atacante perdeu chance de ficar calado
Botafogo não pode ceder Caio Alexandre de graça
Botafogo precisa se impor contra a Chapecoense
Leonardo Valencia ainda tem muito a dar ao Botafogo