Eduardo Barroca precisa rever as mudanças no Botafogo. E aqui não vai nenhuma tentativa de culpar op treinador pelo mau resultado contra o Grêmio. Vários fatores acabaram contribuindo para o primeiro tropeço do Glorioso em casa. Mas não dá para deixar passar batido o que foi feito pelo técnico no segundo tempo. Alterações sem pé e nem cabeça, que pesaram para que o Alvinegro perdesse o jogo.

O Botafogo, como mandante, diante de um Grêmio desfalcado, tinha que criar. Mais uma vez encontrou dificuldades. Mesmo assim tinha o volume de jogo habitual e poderia ter feito o gol na segunda etapa. Mas foi perdendo terreno, deixando aos poucos o adversário controlar as ações e viu Eduardo Barroca, em um segundo tempo pavoroso, acabar com as chances de triunfo.

Barroca usa a base sem inteligência

O Grêmio, que já tinha um volante improvisado na zaga, perdeu seu segundo jogador do setor quando Rodriguez se lesionou aos 15 minutos do segundo tempo. Pouco depois Eduardo Barroca desmontou o meio-de-campo tirando João Paulo e Luiz Fernando e “ousando” com Yuri e Lucas Campos. Foi a senha para o Grêmio chegar ao triunfo. No fim, Lucas Barros na vaga de Erik foi um desafio à inteligência botafoguense.

Pior é que na entrevista coletiva o treinador repetiu que sua chegada gerou uma expectativa de usar a base, mas, por favor, faça isso com inteligência. Após o jogo Barroca disse não ter culpados pela derrota. Culpado realmente é uma palavra muito forte. Mas é preciso assumir a sua parcela de responsabilidade.

LEIA TAMBÉM:

Luiz Fernando coloca diretoria do Botafogo diante de um dilema
CBF não pode escalar árbitro da polêmica em jogos do Botafogo
Barroca tem boas intenções. Problema está na qualidade do elenco
Alex Santana é muito importante para o atual time do Botafogo
Leo Valencia seria uma boa moeda de troca no Botafogo
Joel Carli já tem status de ídolo no Botafogo
Botafogo só terá centroavante em caso de troca
Gustavo Bochecha tem em 2019 seu ano decisivo
Thiago Galhardo, do Vasco, e uruguaio Navarro são oferecidos ao Botafogo
Botafogo pode corrigir erro com a saída de Kieza