Acompanhando a entrevista coletiva do zagueiro Joel Carli na quinta-feira fica fácil perceber o jeito simples do jogador, que parece não gostar muito dos microfones. A timidez diante das câmeras é oposta ao espírito de liderança que tem junto ao elenco. O Xerife do Botafogo já pode ser considerado um jogador com status de ídolo, embora, sua pouca vocação para o Marketing não ajude muito neste sentido.

Em termos de números, Joel Carli sempre fez a sua importância prevalecer de maneira evidente. O setor defensivo do Botafogo é um com Joel Carli e outro completamente diferente sem o jogador. Peça importante na reestruturação do clube após a conquista da Série B do Campeonato Brasileiro, o argentino dificilmente faz feio. Compensa a falta de velocidade com um senso de antecipação elogiável e com um bom jogo aéreo.

Carli é respeitado entre os mais jovens

No ano passado, quando os bastidores do clube tratavam da sua saída por conta do alto salário, teve paciência para aturar uma injusta condição de reserva. Ao voltar ao time, foi decisivo na conquista do Campeonato Carioca e, de quebra, ainda fez o gol do título, forçando uma renovação de contrato que era mais do que justa.

Junto aos mais jovens, sua liderança é grande. Em um futebol onde jovens chegam ao profissional com a marra sendo parte integrante de seu uniforme, o argentino consegue se impor. É comum ver novatos falarem entre si: “Este a gente tem que respeitar”.

Liderança no elenco, gol de título, números positivos e respeito ao clube. Requisitos que, no meu entender, Joel Carli já preencheu. Isso o coloca, sem sombra de dúvidas, com status de ídolo no Botafogo. E você torcedor, concorda?

LEIA TAMBÉM:

Botafogo só terá centroavante em caso de troca
Gustavo Bochecha tem em 2019 seu ano decisivo
Negociação do Botafogo com a FAM ainda não envolve o Palmeiras
Thiago Galhardo, do Vasco, e uruguaio Navarro são oferecidos ao Botafogo
Botafogo pode corrigir erro com a saída de Kieza
Mufarrej precisa escutar CEP e Jefferson
Mufarrej precisa escutar CEP e Jefferson. Botafogo agradece!
Botafogo não vai resistir se Mufarrej não mudar
Botafogo que se cuide: Mufarrej é o Rolim sem grife
Mercado da bola me faz lembrar tempos de Emil no Botafogo
Moreira Salles no Botafogo: clube já viveu épocas douradas
Irmãos Moreira Salles em General: Esse é o Botafogo que eu conheço
Botafogo precisa de um nome de peso para o ataque