O Botafogo chegou ao seu momento mais delicado no Campeonato Brasileiro. Eduardo Barroca foi demitido após quatro derrotas seguidas. Porém, as demissões no Botafogo não podem ficar apenas em Barroca. Na verdade, se o bom senso falasse alto, o presidente Nelson Mufarrej seria o primeiro a sair, pois precisaria ter humildade para perceber que sua gestão é caótica. Porém, isso neste momento poderia até atrapalhar ainda mais o clube, que precisa chegar sem ferimentos profundos até o fim do ano. Mas é necessário trocar o vice-presidente de futebol por alguém mais atuante.

Nada pessoal contra Gustavo Noronha, mas a sua omissão é algo que desagrada lideranças do elenco. Hoje o plantel enxerga apenas Anderson Barros como dirigente do clube. Entretanto, o diretor de futebol fica cada vez mais atarefado e por suas mãos passam desde coisas simples até as mais delicadas, como resolver problemas com fornecedores e lidar com a insatisfação dos jogadores com os atrasos salariais. Enquanto isso Noronha e Mufarrej, segundo alguns jogadores, sequer dá as caras nos momentos de tensão.

Demissões no Botafogo pedem novo vice-presidente de futebol

O Botafogo precisa na vice-presidência de futebol de alguém mais efetivo, com mais nome e em condições de resolver com competência os problemas de momento. Apostar que dá para chegar até dezembro com Gustavo Noronha na função é arriscar todo o projeto do clube para o próximo ano. Já precisamos conviver com a inércia do atual presidente, mas desse não temos muito como escapar, como escrevi anteriormente.

Chegou a hora de os torcedores ilustres que estão apoiando o Botafogo, como Carlos Augusto Montenegro e Manoel Renha, chegarem juntos da vice-presidência de futebol e assumirem o cargo indiretamente. Inclusive, passar aos jogadores a mensagem de que existe alguém de peso no cargo para dividir com Anderson Barros e com o futuro treinador as responsabilidades do setor. Sem isso, o caminho será mais tortuoso.

Vote na enquete abaixo:

LEIA TAMBÉM:

Botafogo segue estacionado. Resta saber se o problema é só a qualidade do elenco
Pode parecer loucura: Botafogo precisa ir atrás de Cuca
Botafogo mostra fragilidades dentro e fora de campo
Perspectivas, Barros e Montenegro: os calmantes do elenco do Botafogo
Será que só o Botafogo tem problema? PC Caju está certo!
Barroca e seu ‘maravilhoso mundo do Botafogo’ só atrapalham
Venda de Jonathan é reflexo da péssima gestão de Nelson Mufarrej
Preocupação de ilustres é manter Botafogo longe do risco de rebaixamento
Botafogo se junta a influenciadores digitais para fortalecer sócio-torcedor
No Botafogo de Mufarrej até o certo é feito de forma errada
Moreira Salles no Botafogo: clube já viveu épocas douradas

Fonte: Redação FogãoNET