O Botafogo está estacionado no Campeonato Brasileiro. O jogo contra o Fortaleza foi a terceira derrota seguida do time na competição. A zona de rebaixamento só não bate na canela porque tem time que consegue ser mais incompetente. Mas não dá para ficar contando com isso e deixar de tocar na ferida: será que o problema do Botafogo é só a falta de qualidade do elenco? Não concordo com essa tese.

Eduardo Barroca não consegue fazer o time jogar. Tem elencos piores que os do Botafogo no Brasileiro e mesmo assim nenhum time tem jogado de maneira tão pouco eficiente como o time alvinegro. Não existe nenhum poder de penetração, só toca para o lado e ainda não transmite segurança na defesa. Enquanto isso, o treinador comemora a posse de bola, mas se esquece que isso não rende pontos na tabela de classificação.

Cenário cada vez mais desanimador

A apatia do time em campo também é visível. O Botafogo aceita passivamente o ritmo do jogo, sem tentar alterá-lo. Essa apatia é tanta que passa até a impressão de que possa estar existindo algum racha: com a palavra a diretoria. Ops, esqueci que o Botafogo não tem vice-presidente de futebol. Quando o vice-presidente não atua, então o presidente deve se posicionar. Aí já seria um verdadeiro milagre em se tratando de Nelson Mufarrej.

É neste cenário desanimador que o Botafogo segue à espera de um milagre. Claro que Alex Santana e Joel Carli podem melhorar o desempenho do time. Mas é preciso muito mais para que o fim de ano seja tranquilo.

LEIA TAMBÉM:

Pode parecer loucura: Botafogo precisa ir atrás de Cuca
Botafogo mostra fragilidades dentro e fora de campo
Perspectivas, Barros e Montenegro: os calmantes do elenco do Botafogo
Botafogo esteve sempre perto da derrota contra o Ceará. Empatou!
Será que só o Botafogo tem problema? PC Caju está certo!
E o Vinícius Tanque virou esperança no Botafogo. Parei!
Barroca e seu ‘maravilhoso mundo do Botafogo’ só atrapalham
Cruzamento de Gilson é o reflexo do que foi o Botafogo contra a Chapecoense
Venda de Jonathan é reflexo da péssima gestão de Nelson Mufarrej
Preocupação de ilustres é manter Botafogo longe do risco de rebaixamento
Botafogo se junta a influenciadores digitais para fortalecer sócio-torcedor
Botafogo: falta de negociações na janela gera desespero
No Botafogo de Mufarrej até o certo é feito de forma errada
Mendonça deveria servir de exemplo para Mufarrej
Moreira Salles no Botafogo: clube já viveu épocas douradas